Uma brinde ao bem estar – Guest Post

Estou abrindo espaço aqui no meu blog para pessoas que querem escrever sobre um tem que elas gostam e que pode ser interessante para pessoas seguindo um estilo de vida lowcarb/paleo. A primeira participante é Valentina Nogueira, estudante de jornalismo, que contribuiu com esta post sobre os benefícios do vinho tinto. Obrigada Valentina!

No final eu adicionei uma comparação de vinho com cerveja em termos de carboidratos…Espero que nos vamos convencer vocês porque é melhor ficar o vinho… Se você também gostaria de contribuir com um post aqui me mande um email no maria@maisgorduramenoscarboidratos.com.

26_itemthemeimage_3042

Text: Valentina Nogueira

Uma brinde ao bem estar

Para você que criou coragem de entrar na dieta e já está preparado para cortar muitos alimentos e bebidas do seu cardápio trazemos uma boa notícia: o vinho fica! Além de ser símbolo dos bons momentos, os benefícios do vinho para o corpo também chamam a atenção. Com o consumo moderado de até duas taças ao dia, os resultados são perceptíveis e duradouros.

Primeiro, o vinho é a única bebida alcoólica que não afeta o sistema imunológico e diminui o risco de infecção por bactérias, como úlcera, gastrite, intoxicação alimentar e até alguns cânceres .

Estudos mostram que o vinho tinto é um grande aliado para prevenir doenças da meia e terceira idade, evitando a osteoporose e o aparecimento de varizes. Podemos dizer que o vinho é o leite de gente grande. Porque, além das doenças já mencionadas, o vinho aumenta a memória do seu HD. Ou seja, uma taça ao dia previne a coagulação do sangue e reduz a inflamação dos vasos, características que afetam a memória. Também dificulta a degeneração da retina, prevenindo os riscos de cegueira e o uso de óculos conforme a idade avança.

Os dinamarqueses descobriram que o vinho também está relacionado com o tempo de espera para a gravidez. Mulheres que possuem dificuldade para engravidar podem acrescentar a bebida à sua rotina (lembrando: no máximo duas taças por dia) para facilitar a vinda da cegonha ao lar.

Porém, evite o consumo durante a gravidez, pois a bebida pode ser prejudicial ao bebê. Todo enólogo gosta de comentar sobre os taninos do vinho e não é a toa: além de serem os responsáveis pelo sabor final do vinho, eles possuem resveratrol, um antioxidante que ajuda a cuidar do coração. Aliado aos exercícios físicos, ajuda a diminuir o colesterol ruim e aumentar o bom.

Para os diabéticos e cardíacos, mais uma boa notícia: essa mesma substância aumenta as chances de sobreviver um ataque cardíaco, diminuindo os níveis de açúcar no sangue e reduzindo a pressão arterial. Por isso, na escolha do vinho, prefira os tintos, que possuem cerca de 20 a 50 vezes mais revesratol que o branco. E para quem está preocupado com a saúde, a primeira coisa a se fazer é montar uma boa tabela de alimentação, você encontra muitas receitas e dicas para sua dieta aqui no Blog.

Mas, como toda notícia boa vem acompanhada de uma ruim: por ter um pouco de açúcar em sua composição, a bebida pode sim fazer engordar se bebe sem moderação e por causa do álcool você também não deveria exagerar . Mas, dos males o menor, já que o vinho é a bebida que possui menos carboidratos (cerca de 2-4 g por taça) e não causa a famosa barriga de chope. O problema é o açúcar que não se transforma em álcool durante a fermentação. Por isso, muita pesquisa antes da compra. E já adiantamos: os vinhos de sobremesa são os mais açucarados, prefere os vinhos secos.

halsa

——————-

Adição Maria Alm:

Na dieta LCHF mais radical o limite de carboidratos por dia é ~20 gramas para mulheres e ~30 gramas para homens (~5% da comida total).

  • Um chope (taça tulipa de 290 ml) tem 11 gramas de carboidratos, por tanto fique bem difícil de encaixar. Veja cerveja como se fosse um pão liquido…
  • Mas um vinho (branco seco, rosé ou tinto) tem entre 1-2.5 gramas por taça (150 ml) na media e isso não estraga tanto. Por tanto posso beber em vez em quando, com prazer e sem sensação de culpa!

Para ler um artigo que fala mais sobre vinhos no perspectivo de Saúde e Qualidade da vida, vai para RG Nutri . Eles também listam estes detalhes sobre valores de carboidratos por 100 gramas de vinho (na media):

  • Vinho branco seco: 0.61 g
  • Vinho rose: 1.40 g
  • Vinho tinto: 1.70 g

Tem outras listas que falam um pouco mais de carboidratos, pode chegar em 4 gramas por taça, mas isso ainda é muito pouco em comparação com chope e cerveja.

Anúncios

Uma resposta para “Uma brinde ao bem estar – Guest Post

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s