Frango com estragão – Inspirada na horta da minha mãe

Voltei para o Brasil! Que também significa que agora eu tenho um internet que funciona de novo. Podem esperar as receitas com mais frequência para frente!

Para continuar o último post com comida da minha mãe, aqui vem o frango fantástico e com poucos carboidratos que ela serviu com o repolho gratinado como acompanhamento (também sem carboidratos). A próxima vez eu convida amigos para jantar em casa eu acho eu vou servir isso. É super saudável, não demanda muito trabalho mas fica maravilhoso!

Minha mãe adora estragão, uma erva com um sabor docepicante e muito usado na cozinha francesa. Ela usou a erva fresca da horta dela, sugiro que vocês também usam fresca se tiver, mas eu acho que também funcionaria bem com estragão seca (mas muda a quantidade para menos). Eu já adorava molho béarnaise que ganha o seu sabor distinto do estragão, mas depois experimentar este prato de frango eu virei um fã geral desta erva. Um fã da minha mãe eu já era…

Uma outra coisa que eu aprendi foi que eu não deveria colocar sal no frango antes de fritar, por que o sal ajuda tirar o liquido do frango e aumenta o risco para o frango ficar seco. Mas quando fritar, você fecha o superfície do frango e o humidade fica la dentro. Minha mãe me falou que ela aprendi isso com a mãe dela, e pensando bem parece lógico. Você usa sal para tirar liquido de por exemplo abobrinha e berinjela, neh…

4 porcões

  • 500-600 g peito de frango
  • 1 cebola roxa
  • 8-10 pedaços de tomate seco
  • 1 pimentão vermelho
  • 100 ml vinho branco seco
  • 100 ml de creme de leite
  • Sal e pimenta do reino
  • 5 colheres de sopa de estragão fresco picada
  1. Corte a cebola e frita um pouquinho até ficar mole.
  2. Corta o frango em cubos, tamanho médio e adicione na panela.
  3. Frita o frango até ficar dourada
  4. Adicione sal e pimenta e o estragão picado
  5. Corte o pimentão em cubos e o tomate seco em pedacinhos e adicione. Misture.
  6. Adicione vinho e deixe ferver por um tempinho para o frango pegar sabor.
  7. Depois adicione o creme de leite também.
  8. Ferve mais um pouquinho, até o molho se incorporou um pouco mais e que você sabe que o frango está cozido 100 %. (Mas não cozinhe de mais para o frango não ficar seco)
  9. Coloque alguns ervas estragão em cima quando servir.
  10. Minha mãe serviu com repolho gratinada, mas pode escolher entre muitos outros acompanhamentos sem carboidratos. Olhe a categoria Acompanhamentos (dentro Receitas no menu em cima na pagina).

Anúncios

6 Respostas para “Frango com estragão – Inspirada na horta da minha mãe

  1. Maria, well come! Obrigada pela receita. A dica de não temperar o frango com sal foi boa pois o peito do frango é uma carne que tende a ser seca mesmo. Hum…. Vamos experimentar. Obrigada!

  2. Oi Maria, maravilhosas as suas fotos e a receita parece ser deliciosa. Tenho uma dúvida quanto ao tomate seco. Ele é permitido nesta dieta de baixo carboidrato? Tenho essa dúvida por que uma vez vi uma receita de tomate seco e ele era feito com açucar. Obrigada, bjs. Denise.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s