Almoço de hoje – Stroganof de frango + dicas de acompanhamentos e como destacar com ingredientes simples

Adoro stroganof, e por minha sorte tem poucos carboidratos 🙂 Mas desde mudar minha vida para um cardápio com menos carboidratos preciso evitar os acompanhamentos comuns como arroz e batata frita… Que não é muito difícil, por que tem tantas outras opções se você pensar.

Dicas para compensar a falta de arroz e batata com seu stroganof:

  1. Faz um “arroz” de couve flor: Raspa o couve flor com seu raspador de cenoura, cozinhe em agua salgada até ficar “al dente” (semimurxo, com um pouco de resistência). Atenção, é muito mais rapido que arroz normal…
  2. Troca por outro acompanhamento. Experimenta por exemplo:
    a. Legumes no forno
    b. Pure de couve flor
    c. Repolho cozida
  3. Adicione mais verduras direto no molho, como por exemplo abobrinha no foto anexado deste blog. Ou por que não cugomelos, tomates frescos ou broccoli.
  4. Serve com uma salada caprichada no lado
  5. Serve com crostini de queijo ao invés da batata frita/palha
  6. Você tem mais ideias?

O base de um stroganof para mim é frango ou carne, cebola, (alho), extrato de tomate, creme de leite, sal e pimenta do reino. Mas nenhum stroganof fica igual da outra… Da para brincar bastante adicionando outros ingredientes. Mudanças drasticas ou só um toque ou pitadinha extra de alguma coisa, você decide. Por exemplo:

  1. Temperos alternativos:
    a. Ervas frescas
    b. Temperos orientais (uma pitadinha de cravo da india ou curry, etc)
    c. Temperos latinos (Tex-Mex, chili, etc.)
    d. Salsão ou erva doce
  2. Raiz forte
  3. Mostarda (meu favorito)
  4. Calda de frango, carne ou até verduras
  5. Ou como eu falei em cima: Adicione mais verduras/legumes/cugomelos direto no molho
  6. Você tem mais ideias?

E no final, adicione uma colher de manteiga. O molho fique mais cremoso e gostoso com certeza 🙂

Anúncios

9 Respostas para “Almoço de hoje – Stroganof de frango + dicas de acompanhamentos e como destacar com ingredientes simples

    • Desculpe insistir, mas perguntei isso porque existem vários estudos e artigos espalhados pela internet que comprovam os malefícios do glutamato monossódico, que é exatamente o que vem nesses caldos da vida. Um estudo até diz sobre a relação com o ganho de peso: http://bit.ly/1tfD3s0

      • Oi! Sim, pode usar Knorr mas também trocar para seu caldo caseiro. Cada pessoa precisa achar um jeito que combina com o estilo de vida dela, se quiser evitar o máximo glutamato pode achar caldas mais artesanal que não contem isso ou fazer voce mesmo em casa ou tirar da receita e adicionar mais ervas e sal. Se quer simplificar fica com o Knorr mas com consciência de que tem glutamato. Para mim depende do tempo que eu tenho, eu não tenho problemas com usar Knorr em vez em quando, prefiro focar em evitar carboidratos, mas em geral eu estou focando mais e mais em fazer comida com comida de verdade, com ingredientes orgânicos. Achar uma equilíbrio que funciona é uma busca constante e voce precisa ficar com a mente aberta 🙂 Beeeiiijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s