Pannacotta de baunilha e erva doce – Com espelho de framboesa

Eu quis fazer alguma coisa com capim santo depois de olhar varias receitas de brigadeiro e outros doces com este tempero. Mas quando fui para sacolão eles não tinham… Estava tão motivada fazer um doce com um tempero alternativo, não quis voltar para casa com mãos vazias, portanto quando eu vi a erva doce fresco eu peguei e levei.

O que fazer com erva doce? A primeira coisa que veio para minha cabeça foi pannacotta. Erva doce tem um sabor parecida com anis ou alcaçuz, que é um doce muito popular na Suécia, mas que quase não tem em outro lugar no mundo. Pensei que se casaria bem com framboesa.

Eu buscei no internet para ver se já tinha uma receita, mas não achei. Então, resolvi experimentar. Em baixo o resultado… Supergostoso! O sabor do erva doce não ficou muito forte, se vocês querem aventurar pode tentar aumentar o dose. E vou fazer mais pannacotta com certeza! Quero experimentar com mais sabores, por que é uma sobremesa muito muito gostosa.

Mas logo vai vir pelo menos uma receita de capim santo fresco também, só precisa um lugar onde achar… Alguém tem uma dica?

4 copinhos

  • 500 ml de creme de leite fresco
  • 1 vagem de baunilha fresco (pode trocar por essência, mas não vai ficar tão bonito com os pontinhos dos sementes, e a sabor não ficar tão )
  • 100 g de erva doce
  • 2 colheres de sopa de erythritol (mas eu acho que da para trocar para bem pouco de stevia, ou não usar nenhum adoçante, a baunilha e a erva doce criam um sabor adocicado já)
  • 1 1/2 colheres de chá de gelatina em pó sem sabor + 3 colheres de sopa de agua

Cobertura

  • 1 copo de framboesa
  • 2 colheres de sopa de agua se as framboesas foram congelados (ajuda descongelar na frigideira)
  • 1/2 colher de chá de gelatina em pó sem sabor
  • 1/10 colher de chá de stevia (bem pouco mesmo, só para quebrar a acidez da framboesa um pouco)
  1. Abra a vagem de baunilha através corte a vagem em 2 fios. Tira os sementes com uma faca e junte os sementes e a vagem com o creme de leite, erva doce cortados em pedacinhos e eventualmente adoçante numa frigideira.
  2. Deixe esquentar até ferver e ferve no fogo baixo por 7-10 minutos para reduzir o liquido um pouco.
  3. Misture a gelatina com os 3 colheres de agua, e depois adiciona isso para a mistura de creme de leite e mexe para tudo ficar resolvido.
  4. Deixe descansar e ficar um pouco mais grosso antes de misturar tudo de novo e espalhar em copinhos. Este passo faz que não todos os sementes de baunilha descem para o fundo, mas ficam espalhados na massa.
  5. Depois de colocar em copinhos, deixe a pannacotta esfriar e se estabilizar um pouco mais antes de adicionar o espelho de framboesa, para a camada de framboesa não se misturar com a pannacotta.
  6. Como fazer o espelho? Fácil! Deixe as framboesa ferver junto com a stevia por alguns minutos num frigideira até ficar uma calda. Adicione a gelatina e deixe esfriar um pouco antes colocar em cima das pannacottas.
  7. Pode usar por exemplo hortelã, framboesa ou mirtillos como garnição.

Anúncios

4 Respostas para “Pannacotta de baunilha e erva doce – Com espelho de framboesa

  1. Pingback: “Biscotti di Maria” – Bolachas crocantes de amendoas « Mais gordura, menos carboidratos!·

  2. Pingback: Pannacotta tem potencial infinito – Qual sabor você teria na sua ceia de Ano Novo? | Mais gordura, menos carboidratos!·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s